sexta-feira, 21 de março de 2014

Dicas: Abrindo arquivos *.CDR (CorelDRAW) no Illustrator

Anuncios:




O Adobe Illustrator e o CorelDRAW são aplicativos que permitem a criação de artes vetoriais. Não cabe ao Núcleo do Illustrator ou a este artigo compará-los ou apresentar argumentações que comprovem um ser mais eficaz do que o outro. Na verdade, ambos oferecem excelentes recursos e cada profissional escolhe pelo aplicativo que mais lhe agrada, de acordo com seu trabalho, suas preferências e exigências.

O Adobe Illustrator é capaz de abrir arquivos gravados em formato *.CDR versões 5 a 10. Isto significa que documentos salvos pelo CorelDRAW 11 ou versões superiores não são suportados pelo Illustrator. Há casos, entretanto, em que os usuários de Illustrator precisam abrir documentos *.CDR gerados a partir de versões recentes do CorelDRAW. Como muitos destes usuários não possuem ambos os aplicativos instalados em suas estações de trabalho, o processo de conversão dos dados em *.CDR para um formato aceito pelo Illustrator passa a ser um processo mais complicado.

Os parágrafos a seguir descrevem algumas alternativas que podem ser usadas para se tentar converter arquivos em *.CDR para um formato aceito pelo Adobe Illustrator. Nenhum destes métodos garante uma conversão totalmente fiel à aparência da arte original. Vale a pena, portanto, testar as possibilidades de acordo com cada arquivo e verificar qual delas apresenta melhores resultados.•

Anuncios:

•1. Abra o arquivo diretamente: antes de utilizar qualquer método alternativo, acesse o menu File > Open (Arquivo > Abrir) do Adobe Illustrator e teste abrir o arquivo *.CDR desejado. Caso ele seja um documento gerado pelo CorelDRAW 10 ou inferior, o Illustrator é capaz de ler suas especificações e abri-lo.

2. Realize a conversão diretamente no CorelDRAW: além do formato nativo *.CDR, o CorelDRAW também permite a gravação de projetos em extensões como *.EPS, *.PDF e até *.AI (que é nativo do Adobe Illustrator). Caso esteja recebendo um documento em *.CDR diretamente de um usuário do CorelDRAW, peça a ele para salvar novamente o documento em uma extensão reconhecida pelo Illustrator, sugestivamente em *.AI. Se isto for possível, não é preciso recorrer a mais nenhuma ação intermediária para abrir no Illustrator o documento gerado pelo CorelDRAW.

3. Utilize um aplicativo intermediário: se não for possível abrir o arquivo *.CDR diretamente no Illustrator, ou se não houver a possibilidade de utilizar o CorelDRAW para salvar novamente a arte em um formato como o *.AI ou *.PDF, pode-se optar por utilizar um editor gráfico de código aberto (open source), como o Inkscape, para realizar a conversão dos dados. O Inkscape é capaz de ler arquivos em *.CDR, portanto, pode-se abri-lo neste aplicativo e depois salvá-lo em *.SVG (sugerido) ou qualquer outro formato reconhecido normalmente pelo Adobe Illustrator.

Dica: o Inkscape pode ser baixado livremente através do endereço eletrônico inkscape. Há, inclusive, uma versão portátil do aplicativo que não necessita de instalação para ser usada.

Dica: além do Inkscape, há outros recursos que também podem ajudar a realizar a conversão de arquivos *.CDR para formatos reconhecidos pelo Illustrator. Cita-se, por exemplo, o UniConvertor, que também é uma solução de código aberto:sk1project.

4. Utilize um serviço online: se nenhuma das alternativas anteriores forem adequadas, pode-se pesquisar uma solução na internet que ofereça a conversão online de documentos em *.CDR para *.AI, *.EPS, *.PDF ou *.SVG. Há vários recursos disponíveis, como por exemplo o site Cloud Converter, cujo endereço é cloudconvert. Deve-se ficar atento a estes serviços, pois a maioria deles solicita e-mail ou algum tipo de conta como Dropbox ou Google Drive para o envio do documento convertido.

Espero que estas alternativas o ajudem em seu fluxo de trabalho.

Anuncios:
Fonte: nucleodoillustrator

Recentes Posts

recentposts

Random

randomposts